sexta-feira, 7 de outubro de 2011

"Primeiro estranha-se, depois entranha-se"


E entranha-se porquê? Porque estamos em Portugal. A Fundação Champalimaud, cujo objectivo era tratar doentes oncológicos provenientes dos nossos hospitais públicos, já fez um ano de existência e ainda não tratou nem um único doente oncológico do Sistema Nacional de Saúde. A causa (que até tinha algum potencial para ser nobre) ficou em stand-by (é uma tendência muito comum das causas à partida nobres) e assim se constrói um sistema solar onde não se possam pôr planetas.

2 comentários:

Dulce disse...

Esses dados são públicos? Não tinha noção, mas é de facto uma pena que se fique por aí... :(

Miss Risquinhas disse...

Este texto valia a pena sair em capa de jornal. E é só isto que tenho a dizer