quarta-feira, 25 de julho de 2012

A tal equação mental


Amar-te faz parte de uma enorme equação mental que se criou no meu cérebro desde o primeiro dia em que te conheci. Vieste com o começo da primavera e trazias, pela lógica natural das coisas e dos momentos, a graça da própria primavera. Eras, portanto, o começo de uma nova estação na minha vida. 
Naquele dia, aquela equação tão complexa que se formou na minha mente ganhou contornos de dimensões estranhas, mas tu tinhas o dom de a transformar em matemática simples. Amar-te era tão simples e lógico (e até mesmo, porque não, matemático). Tinhas todos os componentes necessários para que a equação desse um resultado positivo e jamais se tornasse numa inequação. O nosso amor tornou-se tão certo como a matemática e difícil era, por isso, torná-lo ilógico. 
Tu eras, meu amor, a solução dos números todos. De todas as coisas confusas da minha vida. Eras a solução absurdamente lógica e perfeita de uma reviravolta que, quis o destino, se desse na minha vida. 
Contigo trouxeste a matemática simples de um dia perfeito ao teu lado. Contigo trouxeste primeiro o encanto que te caracteriza e que depressa me deixou embriagado de amor por ti. Depois, numa soma metódica dentro da tal equação, trouxeste a tua personalidade e todas as coisas que te caracterizam e que eu tanto amo. Quantos cálculos foram feitos? Já nem sei. Sei que a tornaste numa coisa complexa, impossível de desvendar completamente, mas fácil de amar. 
Aquela equação mental, aquela tal equação mental que criei, tornou-se tão certa e de impossível erro que cheguei à conclusão, naquele dia, que o resultado era mais do que certo e já nem eram precisos cálculos: fosse qual fosse o resultado, tu serias minha e eu seria teu. 

5 comentários:

Anamar disse...

Uauuu!
Que Amor tão lindo e tão imenso!
Tão bom Amar e ser amada assim...

S* disse...

Maravilhoso ser amada assim. Parabéns por saber fazê-lo.

Bridget-Jones disse...

Tão bom ver e ler este amor tao simples e matematico...
Muitos Parabéns e que dure sempre!
Catarina

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Completamente derredida. É fantástico encontrar na blogosfera homens que sabem escrever sobre amor, aliás, Amor. Um beijinho

dreams disse...

Que linda declaração de amor, adorei, que sejam muito felizes sempre. Bjks e bom fim de semana...